Bibliografia lúdica

Em parceria com o VI Fórum Acadêmico de Estudos Lúdicos, a Biblioteca da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo elaborou uma lista de livros e teses sobre jogos! Os textos estão disponíveis no acervo da faculdade, acessíveis a qualquer cidadão para consulta local (e a maioria pode ser emprestada por alunos USP).

Agradecemos a Marina Macambyra pela compilação. É razão para voltarmos à ECA depois do FAEL, mas também um documento sobre a cultura lúdica contemporânea!

Jogos – Livros do acervo da Biblioteca da ECA sobre o tema

ABERASTURY, A. Crianca e seus jogos. 2. ed. ed. Porto Alegre: Artes Medicas, 1992.

ARIES, P.; ARIÈS, P. História social da criança e da família. 2. ed. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1981.

ASSIS, J. D. P. Artes do videogame conceitos e técnicas. São Paulo: Alameda, 2007.

BARBOSA, A. M. T. B. Ingrid Koudela professora, pesquisadora e colega muito colaboradora. Recife: Sesc Pernambuco, 2018.

BIENAL DE SÃO PAULO. Material educativo. São Paulo: [s.n.], 2010. 

BIENAL DE SÃO PAULO. Material educativo. São Paulo: [s.n.], 2014. 

BOGOST, I. Unit operations an approach to videogame criticism. Cambridge: MIT Press, 2006.

BRITO, T. A. D. Um jogo chamado música escuta, experiência, criação, educação. São Paulo: Peirópolis, 2019.

CASSELL, J.; JENKINS, H. From Barbie to Mortal Kombat gender and computer games. Cambridge: MIT Press, 2000.

CHANCEREL, L. “Jeux dramatiques” dans l’éducation introduction a une méthode. Paris: Librairie Théatrale, 1936.

CHATEAU, J. Jogo e a crianca. São Paulo: Summus, 1987.

COLLINS, K. Game sound an introduction to the history, theory and practice of video game music and sound design. Cambridge, Mass: MIT Press, 2008.

COMPTON, S. Gamers writers, artists & programmers on the pleasures of pixels. Brooklyn: Soft Skull, 2004.

COURTNEY, R. Jogo, teatro & pensamento as bases intelectuais do teatro na educação. São Paulo: Perspectiva, 2014.

DESPAIN, W. Professional techniques for video game writing. Wellesley: A. K. Peters, 2008.

DINIZ, G. J. R. Psicodrama amplitudes e novas aplicações. São Paulo: Robe, 2001.

DUKORE, B. F. Documents for drama and revolution. New York: Holt, Rinehart & Winston, 1971.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE LINGUAGEM, E. FILE Games Rio 09 8 bit game people : Festival Internacional de Linguagem Eletrônica = Electronic Language International Festival. Rio de Janeiro: FILE OI Futuro, 2009. (8 bit game people Electronic Language International Festival.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE LINGUAGEM, E. FILE Games Rio 2011 eu quero jogar : Festival Internacional de Linguagem Eletrônica = I want to play : Electronic Language International Festival. Rio de Janeiro: FILE Oi Futuro, 2011.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE LINGUAGEM, E. FILE Games Rio 2014 Festival Internacional de Linguagem Eletrônica = Electronic Language International Festival. Rio de Janeiro: Rio de Janeiro FILE Oi Futuro, 2014.

FRITZEN, S. J. Dinâmicas de recreação e jogos para educadores e pais, orientadores educacionais, animadores juvenis, animadores de recreação e professores de educação física. 26. ed.. ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

GONZÁLEZ ALCANTUD, J. A. Tractatus ludorum una antropológica del juego. Barcelona: Anthropos, 1993.

GUIMARÃES, J. G. M. Folclore jogos, brinquedos e brincadeiras : subsídios para uma ação educacional. São Paulo: Fundação Cultural Cassiano Ricardo, 1990.

HANNS, D. K. Um estudo sobre tecnologias, técnicas e temáticas. São Paulo:Pró-Reitoria de cultura e Extensão Universitária da USP, 2011. mNmM-mNmM p. (Machinima.

HUIZINGA, J. Homo ludens o jogo como elemento da cultura. 4.ed. ed. São Paulo: Perspectiva, 1999. (Jogo como elemento da cultura.

HUIZINGA, J. Homo ludens o jogo como elemento da cultura. 8. ed. ed. São Paulo: Perspectiva, 2014.

KISHIMOTO, T. M. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 7. ed.. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

KOUDELA, I. D. Brecht um jogo de aprendizagem. São Paulo: São Paulo Perspectiva, 1991.

KOUDELA, I. D. Jogos teatrais. 4. ed. ed. São Paulo: São Paulo Perspectiva, 1998.

KOUDELA, I. D. Alegorias pantagruélicas. Recife: SESC, 2014.

LEBOWITZ, J. Interactive storytelling for video games a player-centered approach to creating memorable characters and stories. Burlington, MA: Focal Press, 2011.

MACHADO, A. Regimes de imersão e modos de agenciamento. Brasília ANPAP Universidade de Brasília, 2003.

MACHADO, M. C. 100 jogos dramáticos teatro. 20. ed. . Rio de Janeiro Agir, 2001.

MACHADO, M. M. Brinquedo-sucata e a crianca. São Paulo: Loyola, 1994.

MCDERMOTT, W. Criando arte de jogos 3D para iPhone com Unity. Rio de Janeiro:  Elsevier, 2012.

MOGGRIDGE, B. Designing interactions. Cambridge: Cambridge MIT Press, 2007.

MONTEIRO, R. F.; MONTEIRO, R. F. Jogos dramáticos. São Paulo: McGraw Hill, 1980.

MONTEIRO, R. F.; MONTEIRO, R. F. Jogos dramáticos. 3. ed. ed. São Paulo: Ágora, 1994.

NETO, S.; SOFFIATI NETO, O. O jogo das bolinhas. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, Departamento de Assuntos Culturais, Fundação Nacional de Arte-FUNARTE, Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro, 1977.

NOVELLY, M. C. Jogos teatrais exercícios para grupos e sala de aula. 2. ed. ed.: Campinas Papirus, 1996.

PICCOLOTTO, L. A comunicação em jogo. 2. ed. ed. São Paulo: Loyola, 1983.

PORFIRO, A. L. Inter-relações entre teatro e educação jogos dramáticos na formação do homem. Rio de Janeiro: A. L. Porfiro, 2004.

PUPO, M. L. D. S. B. Para compor um mosaico. Recife: Sesc Pernambuco, 2018.

RAMALDES, K. Os jogos teatrais de Viola Spolin uma pedagogia da experiência. Goiânia: Kelps, 2017.

RAMOS, J. J. Os exercícios físicos na história e na arte do homem primitivo aos nossos dias. São Paulo: Ibrasa, 1983.

REVERBEL, O. G.; REVERBEL, O. Jogos teatrais na escola atividades globais de expressão. São Paulo: Scipione, 1989.

ROSAMILHA, N. Psicologia do jogo e aprendizagem infantil. São Paulo: Pioneira, 1979.

RUBIO, K. Heróis olímpicos brasileiros. 1a ed. São Paulo: Zouk, 2004.

RYNGAERT, J.-P. O jogo dramático no meio escolar. Coimbra: Centelha, 1981.

RYNGAERT, J.-P. Jogar, representar práticas dramáticas e formação. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

SALEN, K. Rules of play game design fundamentals. Cambridge, Mass

Cambridge: Mass MIT Press, 2004.

SANTOS JÚNIOR, O. A. D.; GAFFNEY, C.; RIBEIRO, L. C. D. Q.; BESEN, D. C. Brasil os impactos da copa do mundo 2014 e das olimpíadas 2016. Rio de Janeiro: E-papers Observatório das Metrópolis, 2015.

SANTOS, S. M. P. D. Educação, arte e jogo. 2. ed.. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

SAUAIA, A. C. A. Laboratório de gestão simulador organizacional, jogo de empresas e pesquisa aplicada. Barueri, SP: Manole, 2008.

SCHWARTZ, G. Brinco, logo aprendo educação, videogames e moralidades pós-modernas. São Paulo: Paulus, 2014.

SILVA, I. D. A. Ingrid Dormien Koudela o teatro como alegoria. Recife: Sesc Pernambuco, 2018.

SINGER, D. G. Imagination and play in the electronic age. Cambridge: Harvard University Press, 2005.

SOARES, R. D. L. Aids e seus estigmas a doença e a cura. São Paulo: Arte & Ciência, 2003. 301-301 p. (Corpo & Mídia.

SPOLIN, V. O jogo teatral no livro do diretor. São Paulo: Perspectiva, 2001.

VENTURELLI, S. Imagem interativa. Brasília: Ed. UnB Universa, 2008.

WAICHMAN, P. Tempo livre e recreação um desafio pedagógico. 2. ed. Campinas, SP:, SP Papirus, 2001.

WARDRIP-FRUIN, N.; HARRIGAN, P. First person new media as story, performance, and game. Cambridge: MIT Press, 2004.

WEAVER, T. Comics for film, games, and animation using comics to construct your transmedia storyworld. Burlington, MA: Focal Press, 2013.

WENDELL, N. Cuida bem de mim teatro, afeto e violência nas escolas. Ilhéus: Editus, 2009.

WOLF, M. J. P.; PERRON, B. The video game theory reader. New York: Routledge, 2003.

YOZO, R. Y. K. 100 jogos para grupos uma abordagem psicodramática para empresas, escolas e clínicas. 10. ed. ed. São Paulo: Ágora, 1996. (Cem jogos para grupos.

Teses e artigos sobre jogos na produção acadêmica da ECA

ALVES, C.; COUTINHO, E. T. Dramaturgia do silêncio: processo de escrita em colaboração de uma tragédia sem palavras.  2018. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-27122018-101958/ >. 

AMALFI, M.; MARTINS, J. B. D. F. A escuta do inaudível: os jogos músico-teatrais de Jean-Jacques Lemêtre.  2019. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-17052019-113004/ >. 

ANDRADE, I. A. M. D.; ARAÚJO, A. Teatro vs. game: o drama gamificado.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27156/tde-28012014-152029/ >. 

ARANA, M. V. M. D.; PERROTTI, E. Reinvenções do lúdico: jogos eletrônicos, infância e cultura – um estudo exploratório.  1996.   

ARRUDA, R. K.; SILVA, A. S. D. Apropriação de texto: um jogo de imagens.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-26102010-162901/pt-br.php >. 

BALATON, T. C. P.; SANTOS, M. T. L. Escola de Palhaços: estudo sobre a prática pedagógica do Programa de Formação de Palhaço para Jovens dos Doutores da Alegria.  2018. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-13032019-102619/ >. 

BARBOSA, A. M. T. B. Ingrid Koudela: professora, pesquisadora e colega muito colaboradora. In: (Ed.): Sesc Pernambuco, 2018.   

BARBOSA, I. S. Jogada publicitária: a construção lúdica de um projeto social.  1989.   

BARIANI, B. B.; BAIRON, S. A importância da hipermídia como experiência estética na produção do conhecimento.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27152/tde-12092013-162438/ >. 

BARROS, L. D. P. M. D.; KOUDELA, I. D. Palco de experiências: artes e desartes com o teatro, 1996-2006.  2008. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-06052009-132213/ >. 

BERNARDES, F.; SOUSA, M. W. D. A significação dos jogos eletrônicos na contemporaneidade: atividade lúdica e meio de comunicação e entretenimento.  2005.   

BLAZEK, V. B.; COSTA, M. C. C. A interatividade qualificada dos jogos digitais: estudo de caso da Vivo em ação.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27152/tde-31082015-155407/ >. 

BOY, T. C. D. S.; KOUDELA, I. D. Protocolo: um gênero discursivo na pedagogia de leitura e escrita do teatro.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-23082013-104822/ >. 

BRIETZKE, M. M.; PRESGRAVE, F. S.; OLIVEIRA, M. A. W. Música contemporânea na iniciação coletiva ao violoncelo: uma pesquisa-ação com jogos de improvisação em três instituições de ensino no estado de São Paulo.  2018. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-11032019-113124/ >. 

BRITO, T. A. D. Um jogo chamado música: escuta, experiência, criação, educação.  2019.   

CABRERA, A. C. D. M.; LAURENTIZ, S. Sobre jogos e não jogos: um estudo sobre curadoria de jogos digitais experimentais.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27159/tde-24072017-183228/ >. 

CAMPEDELLI, G.; SCHWARTZ, G. Bem-vindos a Azeroth: aspectos da economia lúdica nos mundos fantásticos.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-29092009-154338/?〈=pt-br >. 

CARNEIRO, M. A. B.; PACHECO, E. D. Jogando, descobrindo, aprendendo…: Depoimentos de professores e alunos do terceiro grau).  1990.   

CARVALHO, A. E. D.; KOUDELA, I. D. O jogo do gesto: o aprendizado do teatro através da percepção corporal.  2002.   

CARVALHO, R. T. C. D.; ROSA, A. A. Sonho dentro de um sonho: estudo de estruturas narrativas oníricas para o desenvolvimento do roteiro de um videogame.  2014. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-18052015-165700/ >. 

CHAPARRO, M. C. Negócio da emoção. Diário Popular, p. 13 ago. 1991. 6,  1991.   

CINTRA, W. F. A.; AMARAL, A. M. D. A. O circo da morte: a especificidade do jogo entre o humano e o inanimado no teatro de Tadeusz Kantor.  2003.   

COELHO, A. F. F. D. C.; KOUDELA, I. D. Introdução do texto literário ou dramático no jogo teatral com crianças.  1989.   

CONCILIO, V.; KOUDELA, I. D. BadenBaden: modelo de ação e encenação em processo com a peça didática de Bertolt Brecht.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-23082013-110650/ >. 

CORRÊA, F. T. G.; MARCONDES FILHO, C. Ponto de equilíbrio entre a nova teoria da comunicação, o vídeo game e o Minecraft.  2017. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-17042018-143348/ >. 

CORRÊA, F. T. G.; SCHWARTZ, G. Videogame como linguagem audiovisual: compreensão e aplicação em um estudo de caso – Super Street Fighter IV.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-28012014-095535/ >. 

COSTA, A. Q. D.; PASSARELLI, B. Comunicação e jogos digitais em ambientes educacionais: literacias de mídia e informação dos professores de educação física da cidade de São Paulo.  2017. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-06072017-113805/ >. 

COURTNEY, R.; KAREPOVS, D.; MARTINS FILHO, P. Jogo, teatro & pensamento: as bases intelectuais do teatro na educação.  2014.   

COURTNEY, R.; MÜLLER, K. A.; GARCIA, S. Jogo, teatro & pensamento: as bases intelectuais do teatro na educação.  2014.   

COVO, S. D. S. C. D.; PACHECO, E. D. Divertido jogo da aprendizagem: uma perspectiva lúdico-pedagógica.  1991.   

CUZZIOL, M. F.; PRADO, G. Estados superpostos: proposta de modelo matemático para games 3D.  2012. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27159/tde-13052013-093444/ >. 

CUZZIOL, M. F.; PRADO, G. S. Games 3D: aspectos de desenvolvimento.  2007. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27131/tde-23072009-160753/?〈=pt-br >. 

DENANI, G. H. S.; SOUSA, M. W. D. Lampejos da percepção: jogos digitais em tempos de biopolítica.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-01022017-105734/ >. 

DINIZ, G. J. R.; GARCIA, C. Fontes de criatividade no psicodrama pedagógico e nos jogos dramáticos.  1999.   

FALCÃO, I.; YANAZE, M. H. Posicionamento de comunicação da indústria de brinquedos tradicionais perante o aparecimento do videogame no contexto do consumo infantil.  2003.   

FARIA, A. A. D.; KOUDELA, I. D. Contar histórias com o jogo teatral.  2002. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27139/tde-11122008-092315/ >. 

FELIPE, G. R.; PUPO, M. L. D. S. B. Na morada da diversidade: a tessitura teatral como instrumento democrático.  2010. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-19112010-114713/?〈=pt-br >. 

FERREIRA, D. P.; PRADO, G. Expressividade procedural: narrativas e jogos digitais.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27159/tde-22092016-141634/ >. 

FERREIRA, E. C.; KOUDELA, I. D. Um patrimônio cultural inserido no teatro: as brincadeiras cantadas.  2017. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-06062018-103905/ >. 

FREDERICO, G.; ROSA, A. A. A modelização na construção estética do sistema transmídia The Walking Dead.  2018. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-27122018-103310/ >. 

FREITAS, M. T. P. D.; PUPO, M. L. D. S. B. A busca de um caminho interdisciplinar entre o teatro e a música.  2004.   

FREITAS, M. T. P. D.; RAMOS, M. A. D. S. A fala como música no jogo dramático: um caminho resultante da ampliação da experiência estética na prática pedagógica.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-27022014-151807/ >. 

GAMA, J. C. M.; KOUDELA, I. D. A abordagem estética e pedagógica do teatro de figuras alegóricas: Chamas na penugem.  2010. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-19082015-110743/ >. 

GOMES, S. S.; PUPO, M. L. D. S. B. Teoria e infância: em busca da poética do devir.  2012.   

GOSUEN, L.; LAURENTIZ, S. Jogos e prazeres: uma pesquisa em infocentros de São Paulo.  2007. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27131/tde-22072009-184007/?〈=pt-br >. 

GRACIANO, A.; NESTERIUCK, S.; PRADO, G. Considerações sobre “pattern”. DATJournal Design Art and Technology, v. 1, n. 2, p. 76-90,  2016. ISSN 2526-1789. Available at: < http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao-academica/002795253.pdf >. 

GROHS, A. C. D. C. P.; FERRARI, M. A. Laboratório de relacionamentos estratégicos: nova metodologia educacional para o ensino-aprendizagem das relações públicas.  2017. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-22022018-170555/ >. 

KOUDELA, I. D. Jogos teatrais.  1998.   

______. O jogo teatral na fruição e leitura do espetáculo. Congresso Brasileiro de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas,  2001.   

______. Leitura das pinturas narrativas de Peter Brughel, o velho. ABRACE. Reunião de pesquisa e pós-graduação em artes cênicas, 4,  2008.   

______. A história que a nonna… [Apresentação].  2011.   

______. Alegorias pantagruélicas. In: (Ed.): SESC, 2014.   

______. A busca da congruência entre conhecimento e ação, teoria e prática, experiência e natureza. [Prefácio].  2017.   

KOUDELA, I. D.; MAGALDI, S. A. Jogos teatrais: um processo de criação no palco.  1982.   

LARIZZATTI, D. S. D. S.; BAIRON, S. Ludusfera: o espaço do jogo hipermidiático.  2015. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27152/tde-18052015-160820/ >. 

LEITE, V. C. D. S.; PUPO, M. L. D. S. B. A criação literária e o jogo teatral.  2003.   

LIMA, C. D. C.; MARTINS, M. A. B. O hipertexto como ponto de partida em processos de aprendizagem e criação da cena contemporânea.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27156/tde-28022014-162725/ >. 

LOPES, E. S.; GUINSBURG, J. Ainda é tempo de Bufões.  2001.   

LOPES, L. G.; SCHWARTZ, G. Desfocando as linhas: ARG : a estrutura imperceptível do jogo.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-10112010-115614/pt-br.php >. 

LOURENÇO, C. E.; PASSARELLI, B. O “Estado da arte” da produção de teses e dissertações sobre games – entendidos como forma de comunicação – no banco de dados Capes realizada entre 1987 e 2010.  2012. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-17052013-114516/ >. 

MAAS, M. D. O.; CINTRA, F. C. D. M. Música corporal e jogos musicais corporais: um estudo das práticas do grupo Barbatuques na educação musical do artista teatral.  2018. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-11032019-113435/ >. 

MACHADO, A. Regimes de imersão e modos de agenciamento. In: (Ed.): ANPAP, 2003.   

MALUF, S. D.; GARCIA, C. Jogos dramáticos e criatividade no ensino técnico profissionalizante.  1992.   

MALULY, L. V. B. A Notícia Olímpica. Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste,  2013.  Available at: < http://portalintercom.org.br/anais/sudeste2013/resumos/R38-1021-1.pdf >. 

MIRANDA, F. D. S.; BRITO, M. T. A. D. Roda de viola: jogos musicais no ensino coletivo de viola caipira.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-05052017-120857/ >. 

MULEKA, D. W. K.; SANGIORGI, O. Kissolo: modelo africano de máquina para predição e processamento de informações.  1989.   

NAVARRO, M. A. M.; FREITAG, L. V. Aproveitamento dos jogos folclóricos na educação fisica: uma pesquisa em Instituições Educacionais em São Paulo e guia de jogos folclóricos.  1985.   

OLIVEIRA, R. S. N. D.; PUPO, M. L. D. S. B. O teatro em espaços improváveis: teatro e adolescência vulnerável socialmente e em conflito com a lei.  2004.   

ONÇA, F. A.; MELLY, M. MMORPGs: retóricas sobre os novos mundos.  2007. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-05072009-201832/ >. 

ONÇA, F. A.; SOUSA, M. W. D. A era dos games na sociedade da escolha.  2014. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-19112014-152337/ >. 

PACHECO, E. D. Brinquedos artesanais brasileiros (de propriedade de paulo vasconcelos).  1991.   

PAULA, J. E. D.; SILVA, A. S. D. Jogo e memória: essências : cena contemporânea e o jogo do círculo neutro como anteparos para os processos de preparação e criação do ator.  2015. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-12012016-111134/ >. 

PINTO, K. A. M.; GUINSBURG, J. Jogo dramático, uma experiência de vida.  1984.   

PRADO, G. Apontamentos para o game cozinheiro das almas. Encontro Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação,  2006.   

PUPO, M. L. D. S. B. Entre o Mediterrâneo e o Atlântico, uma aventura teatral. Comunicação & educação, v. 5, n. 15, p. 45-54,  1999. ISSN 0104-6829.  

______. Por uma pedagogia do teatro [Prefácio].  2009.   

______. Para compor um mosaico. In: (Ed.): Sesc Pernambuco, 2018.   

RADFAHRER, L. Você gosta de games? Pois deveria gostar de métricas. Folha de São Paulo,  2011. ISSN 1414-5723.  

______. Brincadeiras nada infantis. Folha de São Paulo, p. F6,  2012. ISSN 1414-5723.  

______. Pós-realismo fantástico dos games. Folha de São Paulo, p. F6,  2013a. ISSN 1414-5723.  

______. Vem brincar comigo. Folha de São Paulo, p. F6,  2013b. ISSN 1414-5723.  

______. Minecraft não é videogame. Folha de São Paulo,  2016. ISSN 1414-5723. Available at: < http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao-academica/002785961.pdf >. 

REGO, F. G. T. D. A explicação, que parece. Tribuna do Norte,  2011.   

ROCHA, J. G.; KOUDELA, I. D. A ciranda das crianças: improvisação e jogo teatral como estética e linguagem nas encenações do Pasárgada.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-13032017-115129/ >. 

RODRIGUES, G. D. S.; CARVALHO, F. A. D. D. Processos teatrais na periferia: no contexto do Hip Hop.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-19112010-090842/pt-br.php >. 

RODRIGUES, M. R.; KOUDELA, I. D. Poética da pequena pedagogia do teatro: protocolos e mediações em experimentos de aprendizagem de teatro.  2004.   

ROMANCINI, R. Aprender nem sempre é divertido: os videogames, vistos como modelos de aprendizagem, nem sempre são divertidos 2016.

SANTOS, H. V. D. A.; PRADO, G. D. S. A importância das regras e do gameplay no envolvimento do jogador de videogame.  2010. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27159/tde-22062010-102953/publico/tese_helia.pdf >. 

SANTOS, I. A. L. D.; KOUDELA, I. D. Jogos tradicionais na educação.  2004.   

SANTOS, L. C. R. D.; KOUDELA, I. D. Jogos rapsódicos: a música e a dança popular na aprendizagem das artes cênicas.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-14092016-115347/ >. 

SANTOS, R. G. D.; PUPO, M. L. D. S. B. Teatralização do espaço escolar: práticas teatrais com jogos no ensino médio.  2002.   

SAÇASHIMA, R. E.; LAURENTIZ, S. A realidade aumentada: desafios técnicos e algumas aplicações em jogos e nas artes visuais.  2011. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27159/tde-12122011-222704/pt-br.php >. 

SCHWARTZ, G. Brinco, logo aprendo: educação, videogames e moralidades pós-modernas.  2014.   

______. Cidade do conhecimento e a iconomia dos jogos com moedas criativas. Organicom : revista brasileira de comunicação organizacional e relações públicas, v. 12, n. 23, p. 161-179,  2015. ISSN 2238-2593. Available at: < http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao-academica/002738058.pdf >. 

SILVA, S. D. P. E.; COUTINHO, E. T. Texto brincado: o jogo como movimento de construção da aprendizagem significativa do ator em formação.  2018. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-26122018-150853/ >. 

SILVEIRA, R. B. D.; LOPES, E. S. Teatro Playground: o jogo como metodologia processual de ensaio.  2014. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-05112014-094312/ >. 

SOARES, R. D. L. Aids e seus estigmas: a doença e a cura. In: (Ed.). Corpo & Mídia: Arte & Ciência, 2003.  p.301-316.  

SOLER, M. M.; PUPO, M. L. D. S. B. Teatro documentário: a pedagogia da não ficção.  2008. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-13072009-184640/ >. 

SÁ, A. M. D.; MOREIRA, R. Narrativa e interatividade em meios audiovisuais.  2007. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-05072009-191853/ >. 

TAVARES JUNIOR, C. A.; MALULY, L. V. B.; GARCIA SOBRINHO, W. Rio 2016: o jornalismoesportivo e o Comitê Olímpico do Brasil.  2019. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-24052019-100614/ >. 

THOMAZ, A. R.; LAURENTIZ, S. O tabuleiro dos jogos que se bifurcam: as manifestações do labirinto nos jogos.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27159/tde-01102009-152656/?〈=pt-br >. 

VASCONCELOS, P. A.; PACHECO, E. D. Abordagem piagetiana do jogo.  1993.   

VENANCIO, R. D. O.; SOARES, R. D. L. Jogo lógico e a gramática do rádio: analítica de um jogo de linguagem comunicacional e seus diferendos.  2013. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-06052014-150241/ >. 

VIANA, C. E.; PACHECO, E. D. O lúdico e a aprendizagem na cibercultura: jogos digitais e internet no cotidiano infantil.  2005. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27134/tde-02102007-133619/ >. 

VIEIRA, C. P.; ARAÚJO, A. “Movimento-imagem-ideia”: o percurso de uma prática.  2016. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27156/tde-05052017-120004/ >. 

VIEIRA, M. C. N.; MALULY, L. V. B. O Brasil nas palavras deles: a cobertura jornalística de correspondentes estrangeiros em tempos de megaeventos esportivos no país.  2017. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-07112017-154706/ >. 

WEILLER, T. A.; LITTO, F. M. Game design inteligente: elementos de design de videogames, como funcionam e como utilizá-los dentro e fora de jogos.  2012. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-17052013-105240/ >. 

YAMAMOTO, K. R.; PUPO, M. L. D. S. B. Riso e temor: trajetórias teatrais no Internato Pirituba – Fundação Casa.  2009. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27155/tde-19112010-090557/pt-br.php >. 

ZANETTA, C. C.; BRITO, M. T. A. D. Espaços para criar e conviver: processos criativos em jogos cênico-musicais na educação musical com crianças.  2014. Available at: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-18052015-153056/ >. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *