Rebeldias do Mês – maio/2018

O campo lúdico ganha debate político

O ano de 2018 revelou um novo patamar do amadurecimento da indústria dos jogos eletrônicos: suas implicações políticas passaram a ser debatidas abertamente.

É claro que toda atividade social é política, mas foi na Game Developers Conference (19-23 de março, em São Francisco, EUA) que a discussão sobre sindicalização dos desenvolvedores de jogos ganhou força. Foi quando o movimento Game Workers Unite (www.gameworkersunite.org) apareceu na mídia internacional, denunciando as condições de trabalho dos desenvolvedores: jornadas longas, contratos precários etc.

Já existe a Associação Internacional de Desenvolvedores de Jogos (www.igda.org, com representação em algumas cidades brasileiras), fornecendo estatísticas e fóruns de desenvolvimento para os profissionais da área, porém a associação é acusada por alguns trabalhadores de melhor representar os patrões.

Mesmo que os resultados não sejam os mais auspiciosos, o debate aberto é um avanço, como pudemos ver no Brasil em outro caso de divergência política: a carta aberta ao Brazil’s Independent Games Festival, em abril. Desenvolvedores brasileiros questionaram a legitimidade do BIG por sua relação com a grande indústria (em oposição ao “independent” do nome) e pela falta de representatividade da comunidade indie na curadoria do evento.

A organização do festival (realizado não pelo poder público, nem por uma associação sem fins lucrativos, mas por uma empresa) poderia ter simplesmente ignorado o protesto, mas abriu canais de discussão, incluindo um debate que a REBEL pôde assistir. Mais uma vez, a melhor política revela-se na possibilidade de avançar civilizadamente em questões da pólis.

Uma das mesas-redondas do BIG deve evidenciar quanto, mesmo em campos como o do puro negócio, nossa vida é cheia de política: “Networking: aprecie com moderação“, 29 de junho, às 19h, terá participação do presidente da REBEL, Ernane Guimarães Neto, discutindo como trabalhar envolve uma rede de relações e interesses, que podem ser políticos no melhor sentido da palavra.

Outras participações da REBEL no BIG Festival

Alan Carvalho –  O coordenador dos cursos de Jogos Digitais na Fatec São Caetano do Sul e na Faculdade Impacta participa da mesa “Cursos de games e mercado de trabalho”. Dia 29 de junho, 20h.

Lucas Meneguette – Professor de Tecnologia em Produção Fonográfica na Fatec Tatuí, Lucas falará sobre “Como consegui meu primeiro trabalho na área de games”. Dia 30 de junho, 18h.

As mesas acontecerão em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo (R. Vergueiro, 1000)

Que educação queremos?

Mário Madureira Fontes, vice-presidente da REBEL, conta como foi sua participação no evento ocorrido na associação Palas Athena

A proposta do encontro, no dia 21 de abril, foi desenvolver um texto sobre o que queremos para a educação no país, um documento que ajude no plano governamental das metas para a educação.

O evento foi realizado pela equipe da Oficina do Conviver (www.oficinadoconviver.com.br), que organizou a discussão em painéis. Cada participante escolheu o painel com que tivesse maior afinidade.

Um tópico que abordei, e que outros apoiaram, foi estimular os alunos para o desenvolvimento do pensamento crítico por meio da ludificação.

Calendário

Em maio, comemora-se o Dia Internacional do Brincar

19.maio – Joga REBEL. A sessão lúdica da REBEL acontecerá às 17h na casa do diretor Mário Madureira Fontes! Confira o endereço da jogatina no grupo de WhatsApp Associados Rebel ou entre em contato conosco.

28.maio – World Play Day. Celebrado pela Associação Internacional de Brinquedotecas (http://itla-toylibraries.org), o Dia Mundial do Brincar em 2018 tem como tema “free play”. Mais informações sobre eventos no Brasil podem ser obtidas com a Associação Brasileira de Brinquedotecas (http://www.brinquedoteca.org.br)

30.jun – Inscrição para o FAEL e o Concurso REBELDIAS. Inscrições até esse dia concorrerão a brindes, faça a inscrição antecipada de seu jogo, brinquedo, narrativa ou artigo científico! Inscreva-se em http://rebel.org.br/pt/fael/

 

#RebeldiasDoMes Número 2.

Participe: facebook.com/rebeludicos

Se ainda não é associado: rebel.org.br/rebele-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *