Rebeldias do Mês – janeiro/2019

Explosão de obras em domínio público sugere novo foco: adaptação de clássicos

Capa da primeira edição da coletânea Urupês, de 1918, com contos de Monteiro Lobato

No Brasil comemora-se a entrada em domínio público da obra de Monteiro Lobato; editoras de livros já anunciam republicações e novas adaptações de histórias envolvendo Emília, Narizinho e sua turma. Enquanto isso, nos EUA o processo de liberação de obras para o domínio público vinha sendo represado desde a mudança de lei ocorrida em 1998, resultando na entrada em domínio público, em 2019, de um grande acervo acumulado.

Histórias com Hercule Poirot e Sherlock Holmes, filmes de Charles Chaplin e Buster Keaton tornam-se livres de direitos e abrem oportunidades de exploração. Evidentemente, a indústria de jogos deve aproveitar para mostrar bons usos de personagens e roteiros que já têm popularidade.

O criador do Sítio do Picapau Amarelo tem obra polêmica, marcada por sua representação do racismo e por sua forte admiração aos Estados Unidos. Os textos de Lobato também se destacaram pela militância ortográfica (esse escritor combatia acentos e lutava pela simplificação da escrita).

Outro autor festejado e cuja obra tem sido reinterpretada por conta de sua apresentação de questões raciais e políticas é Hergé: completaram-se em janeiro 90 anos do lançamento de Tintin. Não se trata de obra em domínio público, mas de outra obra consagrada, agora no mundo dos quadrinhos, que ganha readaptação atualmente. Inclusive, noticia-se que  Peter Jackson e Steven Spielberg estão empenhados na produção de um novo longa-metragem com aventuras do jovem repórter.

Exposição em São Paulo marca os 90 anos de Mickey Mouse

Mickey, Tintin e seu cão Milou. Original em http://fr.tintin.com/news/index/rub/0/id/3848/0/la-saga-de-tintin-et-herge-aux-ameriques

Neste dia 18, no shopping JK Iguatemi, em São Paulo, inaugura-se uma exposição para celebrar os 90 anos da primeira aparição do personagem Mickey Mouse, ícone pop e principal figura da Disney.

Mickey surgiu num desenho animado poucos meses antes de os quadrinhos de Tintin começarem a ser publicados. Alguns atribuem ao autor belga Hergé uma grande parcela de responsabilidade por limitar o universo e, consequentemente, o sucesso  de suas personagens; ao contrário, Walt Disney é celebrado por insistir em diversas aplicações de suas criações,  desenvolvendo uma das marcas mais fortes e uma das mais inovadoras empresas da indústria cultural.

A mostra, que fica em cartaz  até 21 de abril, conta com 12 salas imersivas, iniciando por um túnel do tempo mostrando a evolução do personagem ao longo dos anos, seguida de uma réplica do estúdio de Walt Disney com mesas de luz e flipbooks para que os visitantes possam interagir.  A Casa do MIckey Mouse também promete ser uma das maiores atrações, juntamente com o cenário do Clube do Mickey, série lançada em 1955.

Para os curiosos e amantes da tecnologia, haverá uma representação da câmera multiplano (Paralax) desenvolvida por Walt Disney, que foi uma revolução no mundo das animações.

 

Calendário

O feriado na capital paulista coincide com diversos eventos lúdicos! Programe-se:

20.jan – RPG da Ludus 1ª Edição 2019 – A sessão de RPG ocorre todo terceiro domingo do mês na Ludus Luderia: https://www.facebook.com/events/598287130606410/

A feira de Nuremberg dita tendências mundiais em brinquedo

25-27.jan – Global Game Jam – Esta maratona internacional de criação de jogos tem diversas sedes oficiais no Brasil. Veja mais detalhes em https://globalgamejam.org

26.jan – 44o. Encontro BoardGames São Paulo –  O evento dedicado à nova geração de jogos de mesa acontece mais uma vez na Game Vault (Rua das Azaléas, 138 – São Paulo, SP). Das 12h às 21h. https://www.facebook.com/events/1956670244352873/

26.jan – Castelo das Peças  – Evento de jogos de tabuleiro que ocorre no último final de semana de todo mês, na Tijuca (Rio de Janeiro). Entrada: R$ 5. Mais informações: http://ocastelodaspecas.com.br/

30.jan a 3.fev – Feira de Nuremberg – A maior feira de brinquedos do mundo terá, neste ano, a participação do autor brasileiro Sergio Halaban, fundador da REBEL.  Boa sorte com seus lançamentos, Sergio!  https://www.spielwarenmesse.de/worldwide/portugal/feira-de-brinquedos-de-nuernberg/language/39/

 

——————————–

#RebeldiasDoMes Número 10.

Participe: facebook.com/rebeludicos

Se ainda não é associado: rebel.org.br/rebele-se